sábado, 6 de julho de 2019

“Celeiro Do mundo? Só Se Ninguém Atrapalhar”

“Celeiro Do mundo? Só Se Ninguém Atrapalhar”
Nosso meio, a humanidade, vive um momento crucial, bom, sem nenhuma novidade até agora, mas dilemas que vão surgindo carecem de resoluções óbvias; nada errado quando isso demora, por vezes e corre pelo tempo, só lembrando: “o tempo fica”. Nós não, o tempo visto desta premissa acaba logo, mas logicamente nos traz bons resultados, se devidamente utilizado. 
Entremos agora ao tema que está em questão: “A Ecologia Sem a Amazônia”, pode-se comparar a um corpo sem a cabeça. Antes ninguém ligava, mas agora não dá para ignorar essa já referida questão que é a preservação da Amazônia.
O papa Francisco salienta que Amazônia sofre com mentalidade cega e favorece o lucro. A dúvida que podemos levantar, sem medo de sermos chatos é a seguinte: “Na mesa de almoço, jantar e desjejum do Santo Padre, tem ou não alimento com origem brasileira, mais especificamente, do Amazonas? Não é o lucro, mas o trabalho de cultivo do solo sendo remunerado. Quem já produziu sabe as dificuldades que o agricultor sofre para fazer o solo render.
O governo brasileiro vai sim, reformular a legislação, agora tem que ser para valer, incluindo as áreas que serão recuperadas e com projetos específicos, incluindo ainda, datas para implantação. Isso tem que se cobrar. Também as que devem ser preservadas e as que deverão produzir efetivamente.
Tem proprietários que não podem fazer suas terras produzirem sem esbarrar nas centenas de artigos existentes na legislação, enquanto isso alguns agentes vão se achando donos do que nem é seu. Dá para ponderar, já vi plantadores humildes sendo presos e sem a menor condição de pagar as altíssimas fianças, só porque plantavam um pé de alface, com exagero meu, falo simbolicamente, família deles que se danem então?
Impossível elevarmos a produção de alimentos a nível que mundialmente se exige, sem abrirmos mão de algumas áreas de manancial, levando-se em conta que apenas trinta por cento do território brasileiro está efetivamente produzindo, além disso, uma produção bem manejada em nada prejudica o meio ambiente.
Celeiro do mundo? Só se ninguém atrapalhar!
Simples assim!
Líbano Calil

 fale com nossa diretoria


LÍBANO MONTESANTI CALIL ATALLAH

DIRETOR DE IMAGEM PÚBLICA 

WWW.TVARTPONTO.COM


ENTRE EM CONTATO CONOSCO

artponto.org@terra.com.br
______________________________________________________
______________________________________________________
Líbano Montesanti Calil Atallah